O Snapchat está a matar o Facebook?

Home / Social Media / O Snapchat está a matar o Facebook?

O Snapchat está a matar o Facebook?

Quanto surgiu o Snapchat, eu fui um dos primeiros a acreditar no sucesso desta rede social. Esta minha crença era suportada essencialmente por perceber que a efemeridade é importante e um fenómeno raro nos dias de hoje, o que a torna ainda mais importante! Neste sentido, escrevi inclusive um artigo para o Marketing Portugal sobre este tema que considerava tão pertinente (pode ler o artigo aqui).

Faz parte do ser humano, enquanto bicho social, o gosto, a vontade de partilhar as suas emoções e experiências, seja por mensagens, imagens ou vídeos…contudo efetivamente quantas pessoas já não se arrependeram de o ter feito? Certamente muitas! E é aqui que reside a vantagem do Snapchat! Esta rede social representa a possibilidade de efemeridade tão rara atualmente!  Tem-se a promessa de que o conteúdo é apagado, após o tempo decidido pelo utilizador, não sendo possível a sua gravação pelo destinatário.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=kKSr6h5-fCU]

Neste pequeno vídeo podemos perceber a evolução desta rede e os motivos pelos quais as pessoas a utilizam. No Snapchat não existem likes ou comentários, apenas uma interação básica que numa fração de segundos acontece e desaparece. A  sensação de urgência, de algo ter de ser transmitido num preciso momento, e a efemeridade de cada mensagem são sem dúvida os factores que estão a suportar o sucesso do Snapchat.

Se o Snapchat acabará por matar o Facebook? Não me parece, parece sim que cada vez mais este mercado tais como outros vai-se fragmentado, dando respostas as exigências e mudanças de comportamentos das pessoas.

João Guedes
João Guedes
Atualmente é o Presidente da AMDOURO.
Artigos Recentes

Deixar Comentário